Dicas – Sequestro

  • Evite a rotina; Sempre que possível mude seus caminhos e horários habituais;
  • Procure observar, antes de sair ou entrar em casa, se não há pessoas estranhas nas proximidades ou reparos (água, luz, telefone, etc) intermináveis; NA DÚVIDA, não entre ou saia; Ligue para a polícia Militar;
  • Evite ostentar riqueza, especialmente através de seu veículo;
  • Dirija um carro comum em bom estado;
  • NÃO comente publicamente valores de seus bens ou planos de viagens, negócios, etc;
  • Suspeite de telefonemas desconhecidos ou pesquisas solicitando informações sobre moradores ou hábitos da casa; Instrua crianças e funcionários a não comentarem nada (rotina, hábitos, etc);
  • Suspeite também de consertos ou entregas de problemas que não identificou ou de produtos que não solicitou; Procure sempre identificar funcionários, conferindo seus dados com a respectiva empresa;
  • Sempre identifique funcionários, conferindo seus dados com sua respectiva empresa;
  • Mantenha sempre uma relação atualizada de empregados e ex- empregados, domésticos e de sua empresa, com respectivos endereços;
  • Evite compras por telefone ou Internet fornecendo o número de seu cartão de crédito, prefira boleto bancário;
  • Em viagens rotineiras, procure memorizar postos policiais do caminho; Em caso de problemas evite parar em locais pouco movimentados e mal iluminados;
  • Observe se não está sendo seguido e se não há veículos estranhos parados em sua rua, com pessoas desconhecidas;
  • Fique atento nos cruzamentos;
  • Nunca encoste no carro da frente (pare em uma distância que seja possível enxergar pelo menos parte do pneu do carro da frente), evite as faixas das extremidades e a primeira fila de veículos, mantenha sua atenção e portas e vidros fechados;
  • A noite, ao se aproximar do farol, reduza a velocidade, para dar tempo do sinal ficar verde sem você ter que parar seu veículo;
  • Ao descer de seu veículo ou entrar nele, verifique se não esta sendo observado; As vítimas costumam ser atacadas no momento do embarque ou desembarque (atenção para abrir/fechar portão, colocar o cinto, etc);
  • Evite levar na carteira vários cartões de banco, talões de cheque (fique com folhas avulsas) e senhas eletrônicas anotadas; Leve consigo pequenas quantias em dinheiro e tenha sempre dinheiro trocado que possa ser entregue;
  • Não ande com adesivos de faculdade, condomínio, academias, etc colados no carro; Esses sinais (identificam o estilo de vida) podem torna-lo um alvo atraente;
  • Procure manter alguém da família avisado sobre seus horários, caminhos e tempo estimado de chegada;
  • Evite dar informações a pessoas que acabou de conhecer;
  • Não anote telefone residencial no verso de cheques, especialmente em postos de  gasolina;   No   caso   de   assalto,   as   informações   pessoais podem ser usadas para ameaças; Anote sempre o telefone comercial;
  • Evite ter consigo cartões de visita que identifiquem altos cargos;
  • Oriente seus filhos a não dizer de quem são filhos e quem está ou não em casa;
  • Tenha muito cuidado com suas chaves; Evite que sejam feitas cópias, por isso, não deixe chaves embaixo de tapetes, dentro de vasos, em cima de batentes, etc
  • Se você for rendido mantenha a calma e siga as instruções dos seqüestradores;
  • Nessa situação mantenha as mãos no volante e tente comunicar-se, indicando claramente o que vai fazer: Se for tirar o cinto – “Vou tirar o cinto com esta mão, posso?”;
  • Tente prestar atenção ao caminho (nomes de rua, barulhos, tempo de percurso, etc);   No   cativeiro   preste   atenção   aos   detalhes   e seja cooperativo;
  • Tente  saber   o   que  puder   da   vida   e  dos   hábitos   dos seqüestradores;
  • Jamais ameace um seqüestrador
  • Não tente fugir;
  • Em caso de investida de resgate, jogue-se no chão, ponha as mãos na cabeça e não faça nenhum gesto brusco; Esteja preparado para ser revistado e possivelmente algemado; Siga todas as instruções da polícia;
  • Principais momentos críticos: entrada e saída de casa, embarque e desembarque do veículo, semáforos, lombadas, etc;
  • Caso seja vítima NÃO REAJA;
  • O elemento surpresa é favorável ao bandido, que na grande maioria dos casos não está sozinho e não tem nada a perder;

 
✓  Disque denúncia – 0800.15.63.15.

 

Fonte: Polícia Militar do Estado de São Paulo - Setor de Comunicação Social.
No Comments

Post A Comment

dezesseis + 7 =